Sua escola nosso foco, sua satisfação nossa meta. Lápis

Notícias

Ganhar mais não vai te ajudar

...e por que isto pode até ser pior para sua vida financeira!

Um pouco antes de começar minha educação financeira, lembro que eu sempre pensava que, no dia em que eu ganhasse mais, todos os meus problemas estariam resolvidos.

Porém, na época eu já ganhava mais do que nos anos anteriores. Seguindo a minha lógica, eu já devia ter resolvido pelo menos parte dos meus problemas financeiros.

Mas tinha acontecido exatamente o contrário: à medida que eu ganhava mais, MAIS eu ficava devendo no banco!

Só depois de muito tempo estudando o assunto, eu entendi: ganhar mais é o mesmo que colocar mais gasolina no carro e acelerar.

Como assim?

Explico: nossa vida financeira é como dirigir um carro. Você pode ter um carrão, novinho em folha, com o tanque cheio, mas isso não adianta nada se você estiver dirigindo na direção errada!

Se você não sabe para onde está indo – ou seja, se não tem objetivos financeiros bem definidos – então você está rodando à toa e desperdiçando gasolina.

E, caso você tenha mais gasolina no tanque e acelere mais – ou seja, caso sua renda aumente – isto apenas servirá para levar você mais rápido na mesma direção!

A questão é: se você não consegue se organizar com o que você ganha – seja muito ou pouco – aumentar este valor só vai aumentar sua desorganização!

Por que isto acontece? Bom, se você ainda não organizou suas finanças, você provavelmente não sabe para onde está indo seu dinheiro. Isto significa que você ainda é um gastador inconsciente

Se você consegue gastar tudo que ganha e mais um pouco – ou seja, se você costuma estourar o limite do cheque especial, usar o rotativo do cartão de crédito, fazer empréstimos para cobrir a conta e nunca guarda nada – é bem provável que seu modelo mental (mindset) seja muito consumidor e pouco poupador.

Nossa mentalidade financeira inclui, basicamente, nossa maneira de pensar a respeito do dinheiro e nossos hábitos financeiros – aquelas atitudes automáticas, que fazemos sem pensar.

Se você pensa que ganha pouco e, por isso, nem vale a pena poupar e que é melhor “curtir” a vida despreocupadamente, sem controlar seus gastos com algum método de controle de gastos (planilhas, envelopes de orçamento etc.), você continuará gastando de maneira inconsciente.

E sem estabelecer objetivos financeiros claros, inclusive objetivos de poupança (quanto quero poupar por mês, qual minha estratégia de poupança, onde e quanto quero investir etc.), você nunca terá dinheiro guardado, não importa o quanto sua renda aumente!

À medida que você adota algum método de controle de gastos – por exemplo, anotar todos os seus gastos e transferir os valores anotados para uma planilha, ou separar em envelopes o dinheiro para cada uma de suas despesas mensais – você se torna um gastador consciente, que é capaz de fazer escolhas melhores.

Experimente! Anote seus gastos por um mês e estabeleça um objetivo: começar a poupar para investir em Fundos Imobiliários, por exemplo (logo teremos um artigo a respeito deste investimento por aqui). Você vai sentir a diferença no bolso, eu garanto!

Boa sorte e muito sucesso pra você!

Todos os direitos reservados | © 2019 | Contdoc Serviços Contábeis
desenvolvido por